Últimas

Rondoniense 2020 está paralisado com a aprovação dos clubes da 1° divisão


Na última terça-feira (17/03) o campeonato Rondoniense 2020 foi paralisado devido a pandemia do Coronavírus que assola o país.

Em atenção a orientações vindas de órgãos públicos competentes de saúde como também da CBF – Confederação Brasileira de Futebol, a FFER tomou a decisão de paralisar por 15 dias o campeonato estadual 2020 seguindo o curso do que tem acontecido em várias modalidades esportivas e outros campeonatos estaduais.

A decisão da FFER – Federação de Futebol do Estado de Rondônia, foi bem aceita pelo público e por todos os envolvidos no futebol como imprensa, atletas e dirigentes dos clubes participantes. “A nossa decisão foi baseada em números e orientações feitas por órgãos públicos da saúde e da CBF, não poderíamos dar continuidade mesmo de portões fechados, pois atletas também são seres humanos e devemos respeitá-los. Um jogo de futebol com portões fechados, envolve no mínimo cinquenta pessoas entre atletas e profissionais, ou seja, são pessoas que tem vida social normal, que tem família, enfim foi uma decisão com finalidade de preservar a vida, não é porque não temos casos confirmados no estado que não devemos tomar atitudes de prevenção.” Afirma o Presidente da FFER Heitor Costa.

- Após receber Orientação da Federação de Futebol do Estado de Rondônia referente a paralisação da competição e atividades, comunica que   apoia a decisão tomada   em virtude do grave momento em que passa o mundo através do COVID-19. O clube respeita e se solidariza com o momento delicado e segue acompanhando os desdobramentos e posicionamentos dos governos Federal, Estadual e Municipal, FEER E CBF. - REAL DESPORTIVO ARIQUEMES – Presidente Chico Pinheiro.

- O Sport Club Genus, informa que num momento de grande comoção Mundial por conta da pandemia do coronavirus e que todas às  orientações das autoridades de saúde são para que haja o mínimo de aglomeração de pessoas, por isso consideramos acertada a decisão da Federação de Futebol do Estado de Rondônia à exemplo das demais Federações em paralisar o Campeonato Estadual. - Francisco Evaldo da Silva - Presidente

- Consideramos acertada a decisão de paralisação do campeonato, que foi decidido em consonância com entidade máxima do futebol brasileiro CBF, neste momento não tem nada mais importante do que a saúde e segurança de nossos atletas e funcionários. – Jeanderson Melonio – Presidente do Porto Velho Esporte Clube.

- Por unanimidade os Atletas, Diretoria, Comissão técnica e Funcionários apoiam a decisão de suspensão do campeonato Estadual 2020 devido a pandemia do Coronavírus que assola o país nesse momento, é nosso dever também combater essa ameaça que já causou perdas irreparáveis. Acatamos e apoiamos a decisão, mesmo sabendo das dificuldades financeiras que iremos enfrentar, mais não há preço em nosso bem maior que é a vida. – Presidente Cláudio Rocha – Clube atlético Pimentense.

- Estamos a favor da FFER nessa paralisação, somos parceiros e continuamos sendo, agora é torcer para dar tudo certo e daqui quinze dias voltamos com nosso campeonato. – Presidente Jose Carlos do Ji Paraná Futebol Clube.

- Apoiamos a decisão da FFER em parar o campeonato pois temos que preservar, a saúde de atletas, dirigentes, comissão técnica e torcedores que frequentam os estádios – Presidente Paulo Figueiredo do Guajará Esporte Clube.

 - No primeiro instante ficamos assustados com a decisão de suspender devido ao custo que teríamos com isso, mais após análise profunda vimos que foi a decisão mais acertada, e vimos que a decisão foi para o bem de todos e pensando na preservação da saúde de todos. Entendemos que a escolha não foi da FFER mais sim ela seguiu orientações superiores quanto ao assunto. – Presidente Waldir Kurtz do Vilhenense Esportivo Clube.

- Para o clube não é bom, mais não temos como questionar, é uma questão que vai além de qualquer situação específica de um clube ou de outro. É um motivo muito sério e de proporção mundial, nesse caso não podemos ser contra a paralisação por isso entendemos que a decisão da FFER é correta. – Alisson Albino diretor do Rondoniense Social Clube.

Autor: FFER