Últimas

Prefeitura convoca população para realizar cadastro do SUS


Os agentes comunitários de saúde de Ji-Paraná estão visitando as famílias para realizar o cadastro de usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é ampliar as informações sobre a população, pois esses dados irão colaborar no planejamento e continuidade dos serviços de saúde no município.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), convoca a população a receber os profissionais que estão uniformizados, e colabore com o preenchimento do cadastro no SUS para que o município continue recebendo os recursos federais da saúde. O cadastro é uma exigência do Governo Federal. Os dados são sigilosos e serão incluídos em um sistema confiável.

“É extremamente importante que os moradores aceitem receber os agentes, pois além de fortalecer o SUS, colabora para manter os serviços oferecidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), e para que os atendimentos sejam mais rápido, e agilize o acesso a consultas, medicamentos, vacinas, exames e cirurgias”, disse o secretário municipal de saúde, Rafael Papa.

A coordenadora da Estratégia Saúde da Família, Marlene Alencar, explica que todo cidadão precisa dos serviços do SUS em algum momento da vida. Todas as vacinas de imunização, por exemplo, são oferecidas pelo sistema público de saúde, incluindo o cartão de imunização, exigido para viagens internacionais. Por isso é importante que os moradores colaborem com o preenchimento do cadastro realizado pelos agentes comunitários de saúde.

“O serviço de saúde é de todos. A Atenção Básica oferece serviço de imunização, consulta com diferentes profissionais, procedimentos, visitas domiciliares, atividade de saúde em escolas, empresa ou comunidade, entre outras ações. Em nível mais complexo, o SUS oferece serviço de urgência e emergência, hospitalização, cirurgias, reabilitação, tratamento fora de domicílio, programa de saúde mental, assistência especializada em infecções sexualmente transmissíveis (SAE/IST), doenças tropicais, hemodiálise, vigilância em saúde como prevenção, controle de várias doenças, além da pesquisa diante de novos agravos. Existem tantas outras ações no âmbito do SUS. Ajude-nos a fortalecer todos esses serviços”, ressaltou Marlene Alencar.

É importante ressaltar que para fazer o cadastro junto ao agente comunitário de saúde, a pessoa precisa ter o Cartão do SUS atualizado. Quem não tem ou mudou de endereço e telefone, é necessário procurar uma UBS mais próxima.

“O cartão pode ser feito ou atualizado em qualquer Unidade Básica de Saúde ou na recepção do Hospital Municipal. É necessário levar o RG, CPF, comprovante de endereço e número do telefone para contato. O serviço é rápido e gratuito. Através do cartão o cidadão tem acesso aos serviços do Sistema Único de Saúde”, finalizou o secretário de saúde Rafael Papa.

Assessoria