Últimas

Campanha contra raiva no Segundo Distrito está adiada em Ji-Paraná


A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), adiou a Campanha de Vacinação contra a Raiva, que estava marcada para o próximo sábado, dia 28, no Segundo Distrito.

O objetivo é evitar que a população saia de casa, já que a orientação é manter o isolamento social por conta do risco de transmissão do Coronavírus. Uma nova data será marcada, assim que a situação voltar a normalidade.

Os cães e gatos do Primeiro Distrito e da área rural já estão imunizados contra a raiva. Eles receberam a vacina antes do início da pandemia no Brasil.

Segundo a diretora da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), Eliana Pereira Dias Cruz, a população deve ficar tranquila, pois o adiamento da vacinação no Segundo Distrito não oferecerá riscos.

"A doença da Raiva em Ji-Paraná está sob controle. Não temos casos registrados no município. O local onde poderíamos nos preocupar mais é a área rural, onde cães e gatos podem ser infectados pelos morcegos hematófagos, que se alimentam de sangue. Mas a imunização nas propriedades rurais já foi feita", ressaltou.

A Prefeitura vacinou no Primeiro Distrito de Ji-Paraná, no último dia 14 de março, 6.897 cães e 1.232 gatos. Na área rural foram imunizados 9.798 cães e 2.814 gatos.

"Nós alcançamos a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde até agora. Já temos 20.741 animais vacinados contra a raiva. Agradecemos o apoio que tivemos até agora. No Primeiro Distrito foram mais de 250 pessoas envolvidas como veterinários e estudantes da Universidade Paulista UNIP, Escola Agrícola e do curso de zootecnia da Unir de Presidente Médici. Esta parceria é importante para que a Campanha seja realizada com sucesso", finalizou a coordenadora da UVZ.

Assessoria