Últimas

Taça Ji-Paraná de Artes Marciais recebe atletas de todo o Estado


O final de semana vai reunir representantes de todo o Estado nas modalidades de karatê, judô e jiu jitsu, no Ginásio de Esportes Gerivaldo José de Souza, em Ji-Paraná. A realização da 1ªTaça Ji-Paraná de Artes Marciais faz parte das comemorações do aniversário da cidade que celebrou no mês passado 42 anos de Emancipação Político e Administrativa.

O evento terá ainda apresentações de capoeira, modalidade que já demonstrou interesse em participar da competição em 2020. A Semetur divulgou o cronograma de disputas da que terá início dos combates no sábado, a partir de 13:30 horas com o karatê e judô.

Para a Secretária Municipal de Esportes e Turismo de Ji-Paraná, Seloi Totti, o evento vai movimentar o esporte, e aquecer a economia local com a chegada de atletas de todo o Estado. “Isso causa reflexos financeiros positivos para a rede hoteleira e gastronômica e no comércio em geral”, destacou Seloi.

A noite Ji-Paraná é uma atração para os atletas que visitam a decoração natalina, a Casa do Papai Noel, a Vila Natalina e o Papai Noel gigante, às margens da BR 364. “A prefeitura tem preparado eventos que incentivam o esporte e fomentam a economia local”, afirmou a Secretária.

A 1ª Taça Ji-Paraná de Artes Marciais terá a abertura oficial com o desfile das delegações, no sábado, à partir das 19:00 horas, com a presença de autoridades municipais e estaduais .

A programação prevê apresentação da Fanfarra da Escola JK e a capoeira fará sua participação especial no evento. Sem dar maiores detalhes Seloi Totti adiantou que haverá surpresas na cerimônia de abertura. “Estamos guardando algumas participações para surpreender o público que sempre nos prestigia”, enfatizou Seloi. As competições seguem, no sábado até às 22:00horas, recomeçando nas primeiras horas do domingo com jiu jitsu.

As Escolinhas de Iniciação Esportiva de Ji-Paraná intensificaram os treinamentos em novembro para fazer bonito na competição. “É uma oportunidade para ganhar experiência”, frisou o coordenador do projeto São Domingos de Sávio, Gleidson  Caju. O pensamento é ratificado pelo professor Antonio Junior do Projeto Dom Bosco, acrescentando que os projetos já tem mostrado um grande avanço. Os professores W. Silva do projeto de karatê da Polícia Militar e coordenador Valdemar da Igreja Metodista que representa o jiu jitsu também celebram a oportunidade de experimentar seus atletas num evento grandioso.

Além de atletas do município a I Taça Ji-Paraná de Artes Marciais terá atletas de Porto Velho (três academias), Extrema, Nova Mamoré, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Rolim de Moura, Alta Floresta, Pimenta Bueno e Vilhena. Para o presidente da Federação de Judô de Rondônia, Antônio Carlos Tenório, o popular Paraná a unificação das artes marciais, proposta pela Semetur é muito interessante.

Decom