Últimas

Municípios de Rondônia aderem ao sistema eletrônico E-TCDF

Um sistema eletrônico que funciona de forma integrada, desenvolvido pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), irá contribuir para que os municípios de Rondônia reduzam a quantidade de papel e economize recursos com a tramitação de processos administrativos.

A ferramenta inovadora será implantada no Estado, após uma um acordo de cooperação firmado entre o Tribunal de Contas do Distrito Federal, Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) e Associação Rondoniense dos Municípios (AROM), e a partir de agora o sistema começa a ser levado a todos os municípios rondonienses.

Em solenidade realizada em Brasília, com presença da presidente do TCDF, Anilcéia Machado, do presidente do TCE-RO, Edilson de Sousa Silva, do presidente da AROM, Claudio Santos,  representantes dos municípios rondonienses, assinaram o termo de adesão. Ji-Paraná e Jaru serão as primeiras cidades a implantar o novo software, nas outras prefeituras a implantação do sistema ocorrerá de forma gradativamente.

O sistema E-TCDF, que é cedido as prefeituras sem custo, foi desenvolvido no ano de 2012 pelo tribunal de Contas do Distrito Federal, desde então vem sendo modernizado visando se adequar as necessidades e demandas das prefeituras. Hoje é uma referência para todo o Brasil, inclusive, sendo utilizado por alguns países de língua portuguesa.

O prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto, explicou que a ferramenta possibilita que todo o trâmite de processos dentro da administração se torne digital, melhorando a performance administrativa, permitindo maior controle de produtividade dos setores e secretarias, ampliando a transparência e garantindo maior segurança das informações públicas, refletindo numa prestação de serviço mais eficaz para a população.

Marcito fez um agradecimento especial ao presidente do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, Edilson de Sousa Silva, por ter tido o desprendimento de buscar  esta tecnologia que irá gerar uma economia muito grande aos cofres municipais.

“Temos que reconhecer que partiu do nosso presidente do TCE-RO esta iniciativa. A redução de gastos será enorme. Iremos diminuir viagens, combustível, manutenção de veículos e diárias de servidores   e com o translado de documentos e, ainda diminuir a compra de papel, impressão e tempo para a formalização desses processos. Nós só temos a agradecer por esta iniciativa que irá contribuir com os municípios de Rondônia”, ressaltou Marcito.

Decom