Últimas

Mês do livro: mais 100 alunos participaram de atividades lúdicas na Biblioteca Municipal


O mês de abril apresenta pelo menos três datas importantes para incentivar a leitura nos espaços públicos. O dia dois de abril é dedicado ao Dia Mundial do Livro Infanto-Juvenil. O dia 18 também é especial, pois em 1882 nascia Monteiro Lobato, autor do Sítio do Pica Pau Amarelo, inspirando a criação do Dia Nacional do Livro Infanto-Juvenil. E para fechar com chave de ouro, dia 23 é comemorado o Dia Internacional do Livro.

A Biblioteca Municipal Cyro Escobar realizou várias atividades para lembrar o mês tão importante para a literatura infanto-juvenil. Alunos de duas escolas públicas e duas particulares foram convidadas a visitar o local que oferece espaço amplo e um bom acervo. Os alunos do Instituto de Ensino Fundamental e Médio Marechal Rondon, da Escola Municipal Jamil Vilas Boas, União e Girassol realizaram um tour pela biblioteca no dia de Monteiro Lobato.

Para acompanhar a visitação dos alunos os seis servidores da prefeitura municipal contaram com a colaboração do Roberto, do Clube do Livro, um grupo de teatro que destaca a importância da leitura.

"Nosso principal o iniciativa foi vitoriosa”, avaliou a diretora da Biblioteca Municipal Severina Plácida de Oliveibjetivo é incentivar a leitura e estimular a procura por livros na biblioteca. O livro só tem vida quando abre. A visitação foi satisfatória e foi possível identificar nos alunos o interesse pela leitura, nossara, dividindo os créditos com todos os colaboradores.

Os alunos passearam pelas salas e estantes com mais de 27 mil títulos, sendo 6.500 dedicados a faixa infanto-juvenil. A diretora comemora um projeto do Deputado Estadual Airton Gurgacz, em fase de processo, que deve destinar R$ 22 mil para aquisição de mais livros. "Estamos trabalhando para atualizar o acervo e deixar o ambiente cada vez mais agradável na biblioteca", informou Severina.

Atualmente mais de 500 visitantes passam por mês pela Biblioteca administrada pela Fundação Cultural de Ji-Paraná. "As salas climatizadas, espaços amplos e o wi-fi fazem do ambiente da biblioteca um lugar próprio para estudos e pesquisas na preparação para concursos e ampliação do conhecimento", argumentou a diretora.

Para o segundo semestre deve ser lançado o projeto Biblioteca Itinerante que levará os livros até as escolas.

Decom



-