Últimas

Produtores de Ji-Paraná recebem capacitação em práticas de fabricação de alimentos

Produtores que trabalham com manipulação de produtos de origem vegetal como doces, polpa de fruta, panificação, leite e processamento de mandioca estão participando até amanhã (sexta-feira 17), no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), do Curso de Boas Práticas de Fabricação de Alimentos. O evento é organizado pela Emater em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná.



O curso oferece informações e orientações sobre procedimentos higiênico-sanitários instituídos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde.

A extensionista social da Emater, Margareth Pereira, explicou que a capacitação é realizado anualmente para que os produtores de Ji-Paraná e municípios vizinhos saibam das novidades em relação à legislação e manipulação correta dos alimentos.

“O Ministério da Agricultura, Pecuária e abastecimento exige que todos os produtores que tenham agroindústrias e processam alimentos, precisam ter o certificado de boas práticas. Além disso, é um conteúdo de extrema necessidade para garantir a qualidade dos alimentos processados e comercializados”, esclareceu Margareth.

Segundo a médica veterinária e assessora técnica do Serviço de Inspeção da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária (Semagri), Samilla Fraga Martelli, o curso é muito importante para os produtores familiares de Ji-Paraná.

“Quando os produtores renovam as licenças na Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, precisam apresentar certificados de cursos de qualificação como esse que está sendo oferecido pela Emater”, explicou Samilla.

O produtor rural Wilson Mantovanelle participa com frequência dos cursos de boas práticas de fabricação de alimentos. Ele tem uma agroindústria de polpas de frutas e produz cerca de 250 quilos do produto diariamente. O negócio familiar só tem crescido e por isso adequar-se a legislação é muito importante.

“A gente fica atualizado, pois a lei sempre muda. Têm algumas desse ano, por exemplo. Sem contar que aprender sobre as boas práticas nos dá condições de ter segurança para produzir, garantir a qualidade e a fidelização do cliente”, finalizou Wilson.