Últimas

CRMV-RO recebe visita do presidente do CFMV

A visita do presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Benedito Fortes de Arruda, à Rondônia, nesta segunda-feira (27) discutiu, entre outros temas, os problemas enfrentados pelos CRMV’s. Além de tratar de assunto de caráter administrativo, o presidente abordou a realidade enfrentada pelo país com o desencadeamento da operação Carne Fraca. O presidente também falou da importância em mostrar a sociedade o verdadeiro papel do Médico Veterinário nas questões de saúde pública.


 O presidente do CFMV tem visitado diversas capitais do país no intuito de averiguar, junto aos CRMV’s, a atual situação e possíveis problemas enfrentados pelas instituições. Sua passagem por Rondônia foi rápida, mas o suficiente para abordar temas que estão em destaque nacional.

Segundo Fortes, a preocupante situação desencadeada com a operação Carne Fraca traz à tona a falta de consideração que a Polícia Federal teve com seus 27 médicos veterinários peritos lotados no órgão. “Nenhum deles foi consultado sobre o que estava ocorrendo”, diz o presidente do CFMV, complementando que “não foi identificada nenhuma indústria vendendo carne podre, nenhuma inserindo papelão e nenhuma utilizando produto cancerígeno na produção da carne.” Para ele trata-se de uma operação desastrosa, alardeada sem provas. “Nossa carne é uma carne de qualidade”, afirma.

O presidente explica ainda, que O CFMV tomou posição no sentido de divulgar o que esta realmente acontecendo, orientando os CRMV’s a fazer o mesmo. Disse ainda que essa é a hora propícia para se intensificar o verdadeiro papel do médico veterinário na sociedade. “Estamos enfatizando a necessidade de mostrar a atuação dos profissionais nas suas diversas áreas de atuação e o Banco de Conhecimentos, lançado recentemente, contribuirá muito para isso”.

BANCO DE CONHECIMENTO
O Seres - Banco de Conhecimento da Medicina Veterinária e Zootecnia é uma plataforma de Ensino à Distância (EaD) criada pelo CFMV, para pesquisas e estudo de forma dinâmica e colaborativa. O site permite que entidades parceiras, médicos veterinários e zootecnistas registrem e compartilhem conteúdos pela rede. “É uma fonte de consulta para o mundo”, diz o presidente do CFMV, Benedito Fortes.

A plataforma contribui para o estimulo constante ao aprendizado do profissional, ao mesmo que oferece à sociedade ensino à distância nos mais diversos segmentos ligados à medicina veterinária e zootecnia. Fortes explica que o portal da CFMV é acessado em vários países e que o ensino à distancia vai permitir que qualquer pessoa, de qualquer lugar tenha acesso aos cursos que serão oferecidos pela plataforma.

“Temos trabalhado no sentido de oferecer cursos que não necessitam da presença física da pessoa”, diz Fortes. O Seres conta hoje, com cinco cursos desenvolvidos pelo Conselho Federal e de acesso gratuito aos profissionais registrados no sistema CFMV/CRMV’s. São eles: Responsabilidade Técnica (RT) em Animais Selvagens; RT em Sanidade na Piscicultura; RT em instalações animais; e dois módulos de Medicina Veterinária Legal, “e já estamos desenvolvendo outros para estimular o estudo”.

COMPROMISSO COM A SOCIEDADE
Uma das preocupações do CFMV está no desconhecimento que a sociedade tem do verdadeiro papel do médico veterinário. A maioria das pessoas tem o profissional médico veterinário como o “doutor” dos animais, mas o seu papel não se limite em tratar e manter o animal saudável. Sua missão vai muito mais além e envolve questões seríssimas de saúde pública.

Benedito Fortes salienta que um dos objetivos do Seres está também em oferecer à sociedade conhecimentos que vão além do cotidiano, mas que são minimamente necessários. Para exemplificar, o presidente citou o papel do médico veterinário dentro de um matadouro ou de outra indústria. “Você sabe tudo o que é feito lá dentro pelo médico veterinário? O que é permitido? Quais os passos que ele tem que seguir para que a carne que chega à mesa chegue com a qualidade desejada? Na indústria animal temos que seguir regras e essas regras tem que ser aberta, temos que trazer a público, não somente para valorizar o profissional, mas também pelo compromisso que temos com a sociedade. Temos que nos aproximar mais do público”, enfatizou.

Após a passagem por Rondônia, o presidente do CFMV, Benedito Fortes, dará continuidade às supervisões em outros estados. O tesoureiro do CRMV-RO, Licério Correa Soares Magalhães, que também acompanhou a reunião, ressaltou a importância da visita dizendo que “ele nos engrandece com seu conhecimento”.

Para Julio Cesar Peres, presidente do CRMV-RO, foi uma satisfação ter recebido o Dr. Benedito no Conselho de Rondônia, principalmente por ele trazer a preocupação em estreitar o relacionamento entre todos os Conselhos. “Nossas dificuldades são comuns a muitos outros conselhos e esse estreitamento contribui para que possamos encontrar as soluções em conjunto.”

Julio lembrou ainda que Rondônia é um dos maiores estados exportadores de proteína animal. “Isso nos coloca em pé de igualdade e importância na produção, equiparado aos grandes estados produtores, e torna nosso compromisso com a sociedade ainda maior.”

Texto e fotos: Wania Ressutti
Jornalista – SRTE/DRT/RO-959
CRMV-RO