Últimas

Dia 11 inicia a terceira fase da Campanha Contra a Gripe


A partir de segunda-feira (11), a Secretaria Municipal de Saúde de Ji-Paraná iniciará a terceira fase da Campanha de Vacinação Contra a Gripe. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município oferecerão as doses entre os horários de 7:30 e 13:00 horas. As UBS dos distritos de Nova Londrina e Nova Colina também disponibilizarão a vacina. A expectativa é atender em torno de 16 mil pessoas nesta terceira fase.

O grupo prioritário estabelecido pelo Governo Federal foi dividido em duas etapas. A primeira será entre os dias 11 a 15 de maio. Serão imunizados portadores de deficiência, gestantes, crianças de seis meses a cinco anos de idade e puérperas, que são mulheres com até 45 dias após o parto. As mulheres grávidas devem levar o cartão da gestante e as que tiveram filho recentemente devem apresentar a certidão de nascimento do recém-nascido.

A segunda etapa será dos dias 18 a 22 de maio. Serão imunizados os adultos de 55 a 59 anos e professores da rede pública e privada, que devem apresentar documentação que comprove a atuação na área.

O diretor da Divisão de Imunização, Jhones Mezacasa Pinheiro, explica que o objetivo da vacinação é proteger a população contra a influenza e minimizar o impacto sobre os serviços de saúde, auxiliando na exclusão de diagnósticos em virtude do coronavírus.

“É importante ressaltar que os sintomas da influenza são semelhantes aos da Covid-19 e essa antecipação da vacina visa reduzir a carga de circulação da influenza na população, bem como suas complicações e óbitos”, ressaltou.

Outra informação importante é que as vacinas de rotina serão suspensas neste período de 11 a 22 de maio para evitar aglomeração nas UBS. As vacinas de BCG e Hepatite B para os recém-nascidos e a antirrábica serão oferecidas somente na Unidade L1 Maringá neste período.

“A decisão de suspender as vacinas de rotina é para diminuir o fluxo e a possibilidade de transmissão do coronavírus. Pedimos que as pessoas usem máscara e mantenham distância social de dois metros. As unidades com maior fluxo irão receber o apoio dos enfermeiros e técnicos. Sendo assim o atendimento será mais rápido e eficaz”, acrescentou.

As pessoas que fazem parte do público alvo que moram na área rural serão imunizadas contra a gripe a partir do dia 26 de maio. Os vacinadores também farão a atualização da carteira de vacina das pessoas.

Asssessoria