Últimas

Diretrizes de trabalho para 2020 são apresentadas em Ji-Paraná a 42 gestores de escolas estaduais


Os estudantes da rede estadual de ensino começam o ano letivo na próxima quinta-feira (6), e os diretores já foram orientados com as novas diretrizes a serem aplicadas nesse exercício.

Na sexta-feira (31), 42 diretores de escolas estaduais de Ji-Paraná, Presidente Médici e Alvorada do Oeste, incluindo os gestores de escolas indígenas, receberam instruções em como conduzir os trabalhos com excelência.

No primeiro encontro do ano entre os gestores educacionais vinculados à Coordenadoria Regional de Educação (CRE-Ji-Paraná), o alinhamento das ações ficou definido para os setores administrativo, pedagógico e financeiro.

A ordem aos gestores foi de melhorar a governança das escolas, seguir à risca o planejamento pedagógico e gerir os recursos públicos dentro da legalidade preconizada em Lei. Além do norteamento dos trabalhos, a reunião também teve atitude de integração.

“Foi muito importante esse estreitamento para que todos, sem exceção, siga o planejamento e proceda a melhor entrega à comunidade escolar”, disse a coordenadora regional de educação, professora Rosângela Cândido.

A coordenadora enalteceu os excelentes resultados colhidos em 2019, ano em que Rondônia registrou elevação nas notas dos estudantes nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

ANO LETIVO

O governador, coronel Marcos Rocha, confirmou a presença na cerimônia oficial da abertura do ano letivo de Rondônia. O evento a ser presidido pelo governador ocorrerá às 8h30, na quadra de esportes do Instituto Estadual de Educação Marechal Rondon, em Ji-Paraná.

“É uma honra recepcionar alunos, gestores e autoridades em momento tão solene e que marca a área de conhecimento e promove o futuro de crianças e adolescentes”, disse Rosângela Cândido, grata pela participação do governador e do secretário estadual de educação, professor Suamy Vivecananda, também confirmado na cerimônia da próxima quinta-feira.

Os dias letivos na rede estadual nos ensinos fundamental e médio são de 200 dias, já aos estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) são de cem dias.

Paulo Sérgio/Secom



.