Últimas

Mais de R$ 32 milhões são investidos em prol do desenvolvimento econômico de Rondônia em 2019


Em 2019 a Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), por meio do Conselho de Desenvolvimento de Rondônia (Conder), concedeu incentivo tributário para diversas indústrias que projetam investimentos de mais de R$ 23 milhões. O incentivo tributário é a redução do ICMS, que varia de 65% a 85%, por um período de 10 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Também foram investidos mais de R$ 9 milhões de incentivos financeiros com recursos do Fundo Investimento e de Desenvolvimento Industrial de Rondônia (Fider) com a aprovação de projetos que alavancam o desenvolvimento econômico e industrial. O incentivo financeiro do Fider é fornecido pelo governo de Rondônia para dinamizar diversos setores da economia rondoniense.

Esse é apenas um destaque da Sedi, que pela primeira vez se estruturou para priorizar cinco eixos de desenvolvimento: a indústria, comércio e agro; atração de investimentos e estímulo à exportação; ciência, tecnologia e inovação; microempreendedorismo; e infraestrutura de Rondônia.

INVEST RONDÔNIA

Neste ano foi apresentada a Invest Rondônia, uma coordenadoria da Sedi que visa atrair investimentos e promover exportações por meio da ligação entre o empresário com os municípios do Estado, trazendo, assim, novos negócios e a geração de emprego e renda.

No dia 29 de agosto aconteceu o Rondônia Day em São Paulo, apresentando a mais de 120 investidores e autoridades de São Paulo e do mundo as potencialidades de investimentos para o setor industrial, logístico, turístico e para o agronegócio.

A aproximação com o empresariado local também foi um dos objetivos de 2019, por meio do Café com Desenvolvimento realizado em Porto Velho e em Ji-Paraná para ouvir as dúvidas, reclamações e sugestões da comunidade empresarial, possibilitando um melhor ambiente de negócios em Rondônia.

Outras ações foram realizadas, como o estreitamento das relações de Rondônia e Bolívia por meio da Mesa de Irmandade, visitas às embaixadas, governantes e entidades em Brasília para gerar mais visibilidade a Rondônia, visitas às câmaras de comércio do Canadá, EUA, África e Peru e a participação em feiras, como a Anufood e a Intermodal.

INCENTIVOS

Um dos objetivos da Sedi é, por meio do Conder, estimular o desenvolvimento industrial de Rondônia com incentivos financeiros e tributários. Foram realizadas três reuniões do Conselho em 2019.

No dia 10 de julho o destaque foi a autorização do uso de R$ 308.600 para a implantação da Hub.Ro e concedido o incentivo tributário para a indústria Amazon Coco Indústria Alimentícia e a extensão do incentivo para novos produtos da Gazin Indústria de Colchões.

Já no dia 12 de setembro foram aprovados mais de R$ 4 milhões para o programa de melhoramento genético dos clones de café rondoniense e quase R$ 860 mil para a realização do Meetup.RO.

No total, os incentivos tributários vão movimentar, nos próximos anos, R$ 23.220.657 e criar 759 empregos. Também foram autorizados R$ 9.454.841 de concessão de incentivo financeiro com recursos do Fider.

INOVAÇÃO

Para que Rondônia atinja novas fronteiras do desenvolvimento, é importante que um ambiente de inovação seja desenvolvido. Neste ano, o Estado recebeu boas notícias do Ranking de Competitividade, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (Clp).

Rondônia ocupava até 2018 a última colocação no pilar de Inovação, mas este ano o Estado subiu 11 colocações, ficando em 16º. Além disso, Rondônia é o quarto colocado em todo o país no indicador de empreendimentos inovadores.

Esse resultado é o começo de um trabalho que vem sendo realizado pela Sedi e que ganhou impulso este ano com a apresentação do Programa de Inovação Rondoniense, que contou com a realização, em Porto Velho em Ji-Paraná, do Meetup.Ro, o fórum de inovação e competitividade que trouxe profissionais renomados para ajudar o Estado a pensar suas políticas públicas e para estimular um ambiente de inovação entre jovens empreendedores.

Começou a tomar forma também a Hub.Ro, a primeira incubadora de empresas do governo de Rondônia. A proposta é um espaço em que ideias criativas sejam transformadas em negócios lucrativos por meio do processo de incubação. Atualmente, a incubadora está em processo de construção, e em 2020 será inaugurada.

A incubadora será no primeiro piso do Shopping, ao lado do Tudo Aqui.

DESENVOLVIMENTO

Essas ações são frutos da visão de desenvolvimento econômico projetada pela Sedi e pelo governo de Rondônia.

“A determinação do governador Marcos Rocha, e que vem sendo seguida por nós, é de que a equipe de governo desenvolva um trabalho que acelere o desenvolvimento de Rondônia”, explica Sérgio Gonçalves, o superintendente da Sedi.

“Sabemos que para Rondônia alcançar o patamar de desenvolvido é necessário fazer com que novas empresas cresçam, possam gerar emprego, renda e é nisso que o governo do Estado, por meio da Sedi, se propõe a fazer pela população. Vamos trabalhar firme para que as coisas aconteçam em nosso Estado”. Destacou o governador.

Secom