Últimas

Contemplados do Morar Melhor II devem procurar a Semas

Reunião realizada entre representantes do Governo do Estado de Rondônia, Banco do Brasil, empresa Casa Alta e Prefeitura de Ji-Paraná tratou dos preparativos para a entrega da primeira etapa do Residencial Morada Melhor II. Esta primeira etapa irá contemplar 720 famílias que terão seus apartamentos entregues.

Para que a entrega dos primeiros apartamentos aconteça, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), está convocando para comparecimento os 720 candidatos beneficiados do Programa Minha Casa, Minha Vida – Residencial Morar Melhor II, para atualização com urgência dos dados junto ao Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal.

As famílias tem até o dia 18 de abril para comparecer à Semas, que está localizada na Avenida Marechal Rondon, centro da cidade, para realizar o agendamento do atendimento para repassar informações em relação a endereço, estado civil, nascimento ou morte de membros da família. O horário de atendimento é das 7h30 às 13h30.

A notificação de comparecimento com os nomes dos beneficiados está publicada no Diário Oficial do Município, no link http://www.domjp.com.br/pdf/2019-03-14.pdf.

O assistente social da Semas, Marcorelio Munhoz, explica que a mobilização está sendo feita para que os candidatos que fizeram o cadastro em 2016 possam informar mudanças dos dados junto ao Cadastro Único, pois este é um pré-requisito para realizar o financiamento do empreendimento.

“Até maio teremos que ter todas as informações no sistema para que o banco inicie a confecção dos contratos. Temos que saber quem nasceu, morreu, se casou ou separou. Algumas pessoas podem ter renda diferente de quando fez o cadastro, e o valor da parcela poderá ser alterado. Tudo isso precisa ser informado ao banco. Se fizerem agora, não terão atrasos quando for assinar os contratos e receber os apartamentos”, ressaltou.

A atualização dos dados é necessária porque o Banco do Brasil, agência responsável em gerir o financiamento e construção das casas, possa fazer os contratos e entregar até junho deste ano os apartamentos das quadras quatro, cinco e seis. Ao todo são 1456 apartamentos. Não há previsão para que os outros 736 sejam entregues até dezembro.

O não comparecimento no prazo estipulado motivará desclassificação imediata do Programa e da unidade habitacional, conforme a Portaria nº 163 de 2016 do Ministério das Cidades.

O empreendimento Morar Melhor II tem 91 prédios com 16 apartamentos cada. Conta com dois quartos, sala, cozinha e área de serviço conjugados e banheiro social. Os futuros moradores também terão gás canalizado, estacionamentos e tratamento próprio de esgoto. Cada beneficiado pagará mensalmente pelo imóvel entre 80 a 200 reais durante 10 anos, de acordo com a renda familiar que é de até R$ 1800.

Decom