Últimas

Festa da Virada começa as 20h com vários shows em Ji-Paraná

A Festa da Virada, que tem se tornado tradição em Ji-Paraná, vai contar este ano com quatro shows com diferentes estilos musicais e uma grande queima de fogos de artifícios.

O Réveillon marca o fechamento de uma programação diversificada em comemoração aos 41 anos do aniversário de Ji-Paraná, organizada pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Cultural e Secretaria Municipal de Esportes e Turismo (Semetur).

A expectativa é que pelo menos 15 mil pessoas participem da festa que será realizada ao lado do Ginásio Gerivaldão, no centro da cidade.

“A programação começará às 20 horas, no dia 31 de dezembro. Teremos shows de bandas regionais que vão animar a noite com estilos musicais como sertanejo, pagode, rock e forró. A virada do ano será marcada com um queima de fogos que deve durar mais de 15 minutos. A festividade encerrará às duas horas da manhã”, disse Seloi Totti, secretária de Esportes e Turismo.

Para aguardar a chegada de 2019, a Comissão organizadora realizou hoje (17), uma coletiva com a imprensa para anunciar o planejamento dos órgãos de segurança durante a noite de 31 de dezembro. Representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e Autarquia Municipal de Trânsito (AMT) estão trabalhando para que a festa seja tranquila.

“Será proibido o uso de vasilhames de vidro. Para garantir a segurança das pessoas serão permitidos apenas copos de plástico. Não tivemos nenhum acidente na festa do ano passado, mas precisamos ficar atentos para que de fato as pessoas divirtam-se com segurança. Vamos respeitar as normativas e pedimos que a população colabore. Além disso, a parceria com os órgãos de segurança será fundamental”, ressaltou a presidente da comissão organizadora, Keila Barbosa.

O presidente da Autarquia Municipal de Trânsito, Alex Marcos, explicou que durante os festejos as ruas que dão acesso ao local do evento serão bloqueadas. “Vamos fechar as ruas Júlio Guerra, Cloves Arraes, Seis de Maio e Marginal da BR-364. Faremos isso para que nenhum incidente ocorra. As ambulâncias e viaturas da Polícia Militar ficarão a disposição e em locais estratégicos para que o deslocamento seja rápido”, disse.

O Capitão da Polícia Militar, Adriano Pazinatto, destacou o reforço no policiamento. Devem atuar durante a festa cerca de 40 policiais e serão utilizadas 10 viaturas, sem contar o policiamento ostensivo nos bairros da cidade.

“Que as famílias possam participar tranquilidade. Estaremos a disposição para garantir que a festa saia dentro do esperado”, falou o Capitão.

Durante a queima de fogos a BR-364 será bloqueada no trecho entre a Avenida Seis de Maio e a ponte sobre o Rio Machado.

“Faremos o bloqueio para evitar acidentes. E pedimos que as pessoas utilizem o Anel Viário durante a noite da virada. Não só por conta do bloqueio de uns 20 minutos no trecho onde será realizado o Révellon organizado pela Prefeitura. É que a partir das 20 horas a BR ficará congestionada e toda cautela é bem vinda”, disse o chefe do policiamento e fiscalização da 2ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, Jussiglê Bispo Rodrigues.

Decom



-