Últimas

Deputado comemora liberação de recursos de R$1 mi para o interior

O deputado estadual Airton Gurgacz (PDT) comemorou, nesta quinta-feira (27), a liberação por parte do governo do Estado recursos no valor de R$ 1.030 milhões, proveniente de suas emendas parlamentar individual que irá beneficiar entidades e prefeituras do interior. Segundo o deputado, mesmo não tendo conseguindo a reeleição e estando chegando ao fim o seu mandato, ele não parou de trabalhar para honrar os compromissos feitos durante os quatros anos na Assembleia Legislativa.

De acordo com o deputado, os recursos liberados, nesta quinta-feira (27), serão direcionados para as seguintes entidades e prefeituras: Amigos de Amigos da Orquestra de Ji-Paraná (R$130 mil), Associação dos Deficientes Físicos de Ouro Preto D’Oeste (R$ 300 mil), Associação dos Imigrantes de Triunfo ARCI (R$ 55 mil), Aprodol de Ji-Paraná (Linha-028 – R$70 mil), município de Ministro Andreazza (R$ 40 mil), município de Ministro Andreazza (R$ 20 mil), APAE Ji-Paraná (R$ 85 mil), município de Seringueira (R$ 50 mil), Associação dos Produtores Rurais de Presidente Médici (R$40 mil), Federação de Futebol (R$30 mil), Centro Educativo Dom Bosco de Ji-Paraná (R$100 mil) e prefeitura de Buritis (R$ 100 mil).

“Os benefícios são os mais diversos possíveis, desde a compra de uma máquina agrícola até projeto de segurança elétrica e combate a incêndio, no caso este último na Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Ji-Paraná – APAE e Abadá Capoeira.”, lembrou o deputado. Ele ainda lembrou que desde que 80% dos seus recursos foram direcionados para Ji-Paraná, a cidade onde ele vive há mais de 40 anos, e citou grandes conquistas como: Recapeamento das duas pistas da avenida Marechal Rondon, rua Menezes Filhos e outros trechos no 2º distrito; Pavimentação da primeira rua da cidade, Tenente Brasil (bairro centro/Urupá; construção do melhor auditório público estadual, praça no Parque Ecológico, melhorias na escola estadual José Francisco, compra de diversas viaturas para órgãos públicos, projeto Maria da Penha e muitos incentivos aos Esporte e Cultura.

J. Nogueira/Diário da Amazônia