Últimas

Plano Municipal contra a violência de crianças e adolescentes está liberado para consulta pública


A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS/PAEFI), disponibilizou em no site (www.ji-parana.ro.gov.br), o Plano Municipal Decenal de Enfrentamento a Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.
O documento, ficará disponível para consulta pública por 30 dias, possibilitando que todo cidadão tenha a chance de dar sua contribuição no sentido de aperfeiçoá-lo. As pessoas que quiserem dar sugestões deverão enviá-las para o e-mail: creaspaefijiparana@gmail.com.
Depois deste período ele será submetido a debate em audiência pública, que deverá ser realizada no mês de novembro. Uma vez aprovado, o plano servirá de base para consolidar as ações de combate a uma realidade que, a cada ano, apresenta números alarmantes no município.
“Este plano vem para fortalecer a rede de atendimento ao combate à violência sexual contra os jovens, e foi elaborado de acordo com as diretrizes do Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes”, enfatiza Glécia Ranny, coordenadora do CREAS/PAEFI, que, durante um ano, mobilizou sua equipe formada por uma psicóloga, duas assistentes sociais, um pedagogo e um advogado para dar a redação final ao material.

Conforme Glécia, para formação dessas ações foram realizadas muitas rodadas de consultas a órgãos como, por exemplo, Secretaria Municipal de Saúde, Conselhos Tutelares e Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher.

O plano mostra, entre muitas informações, que as ocorrências decresceram de  2013 para 2014, resultado, em grande parte, de um trabalho de conscientização da sociedade através de muitas campanhas esclarecedoras, dentre elas a Campanha de 18 de Maio, além das persistentes intervenções da equipe do CREAS/PAEFI nas instituições de ensino, com palestras, junto aos professores e equipes gestoras.

Mas a realidade ainda é muito preocupante. De 2012 a 2014 foram registradas em Ji-Paraná 242 atentados sexuais às crianças e adolescentes, sendo destes 87% contra meninas. Somente em 2014 foram recebidas pelo CREAS/PAEFI 73 (setenta e três) encaminhamentos no total, a maioria ocorrida no ambiente familiar, tendo os pais e os padrastos como os maiores agressores.

As observações dos cidadãos junto ao Plano Decenal Municipal de Enfrentamento da Violência Sexual Contra a Criança e Adolescente devem ser encaminhadas para o e-mail: creaspaefijiparana@gmail.com. Para maiores esclarecimentos a equipe técnica encontra – se a disposição no telefone 3411-4215.

Ascom- 05-10-2016.